Trânsito: uma nova abordagem

As ciclovias podem ser pensadas como um sistema de deslocamento próprio (não como um anexo nas ruas), onde é possível fazer belos trajetos por dentro de bosques, parques e margens de rio, em que se deslocar se confunde com vivenciar.

A importância das áreas de lazer interligadas

As margens de rios podem gerar circuitos ciliares, com um roteiro de atrativos interligados por caminhos e ciclovias, revitalizando toda área, valorizando a paisagem urbana. O Brasil, com rios em abundância, poderia aproveitar muito esse potencial.

A água que refresca o ar

Reabrir ribeirões canalizados traz diversas vantagens, como o contato das pessoas com o rio, o retorno da fauna e da flora. Mas um destes motivos é bastante persuasivo: climatização. Ribeirões e córregos, naturalmente, resfriam o ambiente.

A infraestrutura Verde e Azul e suas possibilidades

A chamada “Blue and Green Infrastructure” se propõe a resolver os problemas funcionais de uma cidade de maneira mais econômica, privilegiando a preservação ambiental e beneficiando as pessoas.